Skip to main content

As diferenças entre limpeza geral, leve e pesada

O assunto parece simples, mas existem vários detalhes que devem ser levados em conta antes de definir qual tipo de limpeza sua empresa necessita: geral, leve ou pesada?
Limpar é a atividade que engloba todos os procedimentos e operações que removem sujidades, agregadas ou não às superfícies, sem alterá-las, em todos os tipos de ambientes. Não adianta tentar escapar da responsabilidade nessa hora, é imprescindível que sua empresa mantenha os níveis de limpeza exigidos para o tipo de atividade que o seu negócio realiza.
Limpeza geral
A limpeza geral consiste na remoção de pó e resíduos de substâncias orgânicas ou inorgânicas. Essa remoção é feita principalmente com água, associada a detergentes, e removedores de mancha e a ceras, usando instrumentos como vassouras, esfregões, rodos e esponjas.
Durante a limpeza é eliminado aquilo que é visível a olho nu, abrindo espaço para a remoção das partículas microscópicas posteriormente.
Limpeza leve (ou sanitização)
Sinônimo de higienização consiste na redução do número de contaminantes em equipamentos ou espaços. É um passo além da limpeza geral e exige agentes químicos mais potentes e um procedimento mais cuidadoso e elaborado.
Esse tipo de limpeza é indicado principalmente para laboratórios, consultórios médicos, banheiros, restaurantes e outros negócios que envolvem alimentos/matéria orgânica. Porém, não assegura a eliminação total das bactérias em forma de esporos ou de proteínas tóxicas. Por isso, dependendo do seu objetivo ou do tipo de negócio que você tem, é necessário realizar uma esterilização logo após.
Limpeza pesada (ou esterilização)
A limpeza pesada é o processo mais agressivo, que visa a destruição completa de todos os microrganismos e de todas as toxinas que causam problemas à saúde. Quando bem-feita, mata 99, 999% dos germes.
Provavelmente você já viu um no seu dentista. Ela é usada para garantir que, se um instrumento for utilizado mais de uma vez, não haverá a possibilidade de ocorrer uma contaminação cruzada. A efetividade destes processos também depende dos funcionários, uma vez que práticas de limpeza, de sanitação ou de esterilização mal executadas, além da falta de manutenção, podem comprometer a organização do negócio.
A Ludi Limpeza recomenda que a limpeza deve ser feita por todos os tipos de empresa com regularidade, sem exceção! Se a matéria orgânica não é removida de um espaço, cria um ambiente propício para a proliferação de microrganismos, como fungos e bactérias, que causam mal cheiro e provocam alergias e infecções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *